Cabo Frio - Rio de Janeiro - Brasil 22-10-2017

Cardoso Fonseca

Cardoso FonsecaCardoso da Fonseca foi um grande incentivador da cultura em Cabo Frio: apoiava inúmeros poetas e escritores fazendo a revisão de seus livros para que publicassem. Ele foi membro fundador da Academia Cabo-friense de Letras. Coroando seu merecido valor ganhou o 1º lugar na categoria poesia no Prêmio Teixeira e Souza de Literatura em 2003! Neste mesmo ano, publicou o livro “Estrofes”. Durante toda a sua existência, sempre viveu a cantar em poesia os encantos de Cabo Frio, cidade que amou até a sua morte em 2007.
A família, sabendo da existência de um livro seu que não pôde ser publicado em vida, publicou-o em 19/09/09. Este último trabalho chama-se: “Canto Azul de Amor, de Mar e de Sol à Cultura, ao Turismo e à Ecologia da Região dos Lagos e Litoral do Norte Fluminense, em Noite de Luar”. Este livro, como nos diz o título, exalta em versos as belezas, a cultura e as personalidades de relevo de 16 cidades fluminenses.
Esse livro pode ser encontrado nas livrarias em Cabo frio: "Ler e Ver" na Av. Teixeira e Souza e "Livraria do Boulevard" na Rua Major Belegard.
O poeta foi homenageado com um monumento que se encontra localizado no Parque Dormitório das Garças (próximo ao Anjo Caído) no bairro Porto do Carro em Cabo Frio, que se encontra aberto diariamente à visitação pública.

Inauguração de Sala de Leitura em homenagem aopoeta Cardoso da Fonseca na Escola Municipal São CristóvãoInauguração de Sala de Leitura em homenagem ao poeta Cardoso da Fonseca na Escola Municipal São Cristóvão..


Contatos: Rosa Fonseca (filha) – Tel.: (0XX21)9666-5248 e (0XX22)9282-3718
e-mail: rosacaetanofonseca@gmail.com

Estatua do Cardoso


Canto Azul de Amor

Canto Azul de Amor

Do Livro “Canto Azul de Amor, de Mar e de Sol à Cultura, ao Turismo e à Ecologia da Região dos Lagos e Litoral do Norte Fluminense, em Noite de Luar”:

 


É noite de lua
na Região dos Lagos,
poetas, sonhai!
E em face à beleza
desta Natureza
em coro cantai!

Cantai
Cabo Frio,
cidade de praias
tão lindas
com o seu mar azul,
qual noiva formosa,
por esse esposada
em noite taful!

Praça Porto Rocha,
Largo Santo Antônio,
Gamboa,
Apicu;
Passagem,
São Bento,
Portinho
e a fonte
do Itajuru!


Cantos Revolucionários

Do seu livro “Cantos Revolucionários” publicado em 1961:

Salve, País de Calhordas,
-ressalvando as exceções-
de ministros entreguistas
e de governos ladrões!

Terra de politiqueiros,
de ladravazes banqueiros
e embaixadores boçais...

Onde,-ó governo assassino!
Só tem valor o cretino!
Só vence quem rouba mais!






Ir para: [Topo da Página ] ou [ imprimirImprimir]

Ingles. Frances. Deutschland Italiano Espanhol

[Feeds] :[ O que é isso ? ]

Patrocinadores